• df2258

Valdemar Florêncio da Silva


Valdemar Florêncio da Silva, nascido em 1.946, construiu uma carreira de abrangência nacional e internacional, com seu potencial enorme e versatilidade. Iniciou sua carreira atlética nas provas de corrida de rua e depois migrando para a marcha atlética onde teve uma projeção internacional. Em 1969, venceu a primeira corrida de rua intitulada “VI Km de Brasília”, ele conquistou inúmeras vitórias em provas no Distrito Federal e em Goiânia. Foi vencedor da 6ª Corrida de Reis, em Brasília em 1976.

Na marcha atlética, foi onde Valdemar conquistou projeção internacional. Ele foi:

• Campeão da I e II Léguas de Goiânia, em 1970 e 71;

• Campeão da I e II Marcha de Brasília, em 1972 e 73;

• 3º colocado na Marcha Internacional de São Paulo-SP, em 1973

• Bi-campeão brasileiro em 1977 e 79;

• Hexa-campeão do Troféu Brasil de Atletismo de 1977 a 1982.

• Teve 3 participações em campeonatos sul americanos, 1977,79 e 81, sendo vice-campeão da marcha atlética em Bucaramanga, Colômbia na edição de 1979.

Valdemar Florêncio, bateu o recorde brasileiro na prova dos 20 km, em 1977, com o tempo de 1h.39min.52sec. E em 1978, bateu seu próprio recorde, cravando 1h34min.57sec para distância. Ele e o gaúcho Wilson Mattos dominaram a marcha atlética brasileira nas décadas de 70 e 80. Em uma justa homenagem o ginásio de esportes da Policia Militar do Distrito Federal (Setor Policial Sul) leva o seu nome.

Valdemar Florêncio, era sargento da Policia Militar do Distrito Federal, faleceu em um acidente automobilístico em Brasília. Pela sua brilhante carreira ele é uma das referências da marcha atlética Brasileira.


Texto: Prof. Francisco Xavier e o atleta olímpico Joilto Bomfim.




0 visualização

Posts Relacionados

Ver tudo