• df2258

Domingos Camargo Guimarães


Domingos Camargo Guimarães, nasceu na cidade de Araguari – MG, 20 de dezembro de 1946, em uma família de 3 irmãos e mais duas irmãs. Aos 18 anos de idade, com o pai que era ferroviário, mudou-se com a família para Campinas SP. Mingo, como é carinhosamente chamado, é graduado em Educação Física pela Pontífice Universidade de Campinas, 1971 a 1973. Até a adolescência Mingo jogava futebol, mas descobriu o atletismo na primeira aula da faculdade com o prof. Nelson Barros e passou de imediato a ser seu assistente.

Durante os anos na faculdade trabalhou orientando equipes de atletismo e na construção de diversas pistas de atletismo em Campinas e São Paulo, atuando também com o trabalho na Federação Paulista de Atletismo e na Secretaria de Educação de SP.

Mingo fez concurso para Secretaria de Educação do DF no dia 20/12/1976 (dia do seu aniversário) e em abril de 1977, assumiu o cargo de professor na cidade de Brazlândia-DF. Em 1978 iniciou seu trabalho na formação de jovens estudantes no Núcleo de Técnicas Desportivas -NUTEDE, atual Centro Interescolar de Educação Física-CIEF.

Técnico de característica versátil e conhecedor das provas técnicas do atletismo, como saltos, arremessos, corridas com barreiras, foi na prova de marcha atlética que Mingo alcançou projeção ao treinar atletas de projeção internacional como Waldemar Florêncio, Claudio e Wellington Sousa, entre outros. Mingo foi treinador da paratleta Shirlene Coelho que participou das Paralimpiadas de Pequim, Londres e Rio de Janeiro, 4 Parapan-americanos e campeonatos mundiais, nas provas de lançamento de dardo e do disco.

O olhar aguçado o tornou conhecido por enxergar detalhes e promover os ajustes técnicos nos atletas treinados por ele.

Mingo atuou intensamente em todas as reformas da pista de atletismo do CIEF. Com a longa barba, que tornou famosa sua silhueta, era fácil vê-lo sem camisa colando placas de borracha e demarcando o escalonamento das raias, sem medir esforços e com uma exemplar dedicação. Ele foi professor na Faculdade Dom Bosco de 1978 a 1987, e trabalhou 10 anos no Colégio Marista de Brasília.

Mingo: “Sou uma pessoa realizada. Agradeço a Deus por ter tido condições de colocar em pratica tudo que aprendi, por ter a oportunidade de conviver com inúmeros atletas e vê-los hoje cidadãos. É satisfatório saber que de alguma maneiro ajudei na formação deles, pois foi sempre meu pensamento, antes do atleta existem seres humanos a serem desenvolvidos. ”

Mingo conheceu sua esposa Sandra na faculdade e juntos há mais de 42 anos criaram tem três filhos, Cahuê, Danuza e Flavia, e o neto Dudu. Atualmente Mingo está aposentado.

Parabéns prof. Mingo por todos estes anos de dedicação e profissionalismo.


Texto Francisco Xavier e Joilto Bomfim



Depoimentos sobre o Prof. Mingo:

Ricardo Vidal de Oliveira: ” Professor, treinador, educador e pai. Marcou época no atletismo da capital federal. Referência nas provas técnicas, possuidor da visão de águia para os detalhes. Obrigado Mingo por sua contribuição ao atletismo local, nacional e internacional. ”

Jamir Carlos Garcez: “Meu grande mestre, pessoa maravilhosa, bondoso de um coração enorme tive o prazer de conviver com durante muitos anos, ficava horas conversando e ouvindo seus conselhos. ”

Joilto Bomfim “ Agradeço ao prof. Mingo por muitos anos de acompanhamento por resgatar muitas vidas por incentivá-los, sempre cobrando para que eles além de atletas fossem bem na escola”



Mingo com a delegação brasileira paralimpica




(Na foto com a profa. Teia e prof. Cantarino)

2 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo