• df2258

Ary Façanha de Sá


Ary Façanha de Sá, nasceu no interior do Maranhão, em 1928. Com 20 anos de idade, mudou-se para o Rio de Janeiro, cursou educação física e foi competir pelo Fluminense, onde defendeu o clube por dez anos, de 1951 a 1961, quando pendurou as sapatilhas. Um dos maiores nomes do atletismo do continente, ele competia em várias provas, sendo sua especialidade o salto em distância. Ary participou em duas Olimpíadas, em Helsinque em 1952, quando ficou com a quarta colocação, a sete centímetros da medalha de bronze. A segunda foi em Melbourne, Austrália em 1956. Nesses dois eventos ele conviveu com Adhemar Ferreira da Silva, quando conquistou o bicampeonato olímpico, o primeiro do Brasil, no salto triplo. Em 1955, nos Jogos Pan-Americanos, na Cidade do México, Ary bateu o recorde pan-americano com 7,84m, a quarta melhor marca do mundo. Seus recordes sul-americanos só foram superados mais de 20 anos depois, pelo lendário João Carlos de Oliveira, o João do Pulo. Ary casou-se com Albanisa, no Rio de Janeiro, em 1962. Em 1965, mudou-se para Brasília. Veio com a esposa e o filho mais velho; outros dois nasceram em Brasília. Em 1970, assumiu o departamento esportivo do MEC (Ministério da Educação e Cultura, à época), onde idealizou os Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s), que se tornou, ao longo dos anos, uma das mais ricas fontes de revelações de talentos em várias modalidades. Ainda no MEC, assinou convênios de cooperação com a Alemanha, para onde iam técnicos e atletas brasileiros. Por seus feitos na pista e na gestão pública do Esporte, o atletismo brasileiro tem em Ary Façanha de Sá uma de suas maiores referências. Ary, um homem que como atleta voava e como professor impulsionava outros a voar. Era uma pessoa simples, sempre disposta a apoiar boas iniciativas e ajudar os que nele buscavam orientações. Foi esse personagem que o Brasil perdeu em agosto de 2020, deixando nos amantes do esporte, em geral, e nos do atletismo, em particular, a nossa eterna admiração. Vá com Deus Mestre. Texto do Professor Francisco Xavier.



CURRICULUM ESPORTIVO ( Fonte CBAt)



































































6 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo